O projeto: um canal para falar com as crianças e os adultos sobre arte e cultura tendo como ponto de partida os temas da programação do instituto. Foi isso que o Estúdio Voador concebeu, desenvolveu e alimentou entre 2015 e 2017.
Em quatro sessões fixas, fizemos uma curadoria de conteúdo e referências que dialogam diretamente com as crianças e foram pensadas para serem lidas na companhia de um adulto, ou também para serem exploradas por educadores como inspiração para conversas em suas aulas.
O personagem Bartô é um rato de museu (literalmente), que mora na cobertura do Itaú Cultural e ama livros. No site, ele conta um pouco das coisas que pesquisa por aí com sua mochila-foguete: na sessão Favoritas, escreve um glossário de palavras do mundo das artes do Brasil e do mundo, como dadaísmo, rabeca, urbanismo etc; na Bússola, publica um blog com dicas de artistas, museus e projetos criativos incríveis que encontra pelo mundo, como um Museu Nacional do Cocô (Reino Unido), o projeto Memória Gráfica Brasileira ou exposições de Burle Marx, Jean Jullien, Ray e Charles Eames, coletivo Mammalian Diving Reflex, e muitos outros; na Toca TV, entrevista personalidades como Mc Soffia, Leopardo Huni Kui e Sueli Carneiro; e no Zine Camundongo, compartilha brincadeiras que exploram os temas das exposições da programação, para baixar e imprimir em casa.​​​​​​​

O que fizemos: concepção, desenvolvimento, criação, webdesign, redação, revisão, edição, direção de vídeos, ilustração, diagramação, manutenção do site.

Quem ilustrou: Tartaruga Feliz, Thiago Luporini e Erik Malagrino

Outros projetos